07/01/2017 16:43

Seis morrem em confrontos por preço do combustível

Mais de 1.500 pessoas foram presas por causa de atos contra aumento no México

Policiais prendem manifestantes em Boca del Rio, no México (Foto: Victor Yanez/Reuters/ Reprodução Band)

Policiais prendem manifestantes em Boca del Rio, no México (Foto: Victor Yanez/Reuters/ Reprodução Band)

Confrontos durante protestos contra o aumento do preço dos combustíveis no México já deixaram seis mortos e mais de 1.500 presos no país.

Diante das manifestações, o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, pediu a compreensão da população e afirmou que o aumento do preço dos combustíveis foi “uma decisão difícil, impopular, mas necessária”.

O preço da gasolina e do diesel subiu entre 14% e 20% desde que o governo de Peña Nieto desregulamentou os preços e decretou o reajuste a partir de 1º de janeiro.

Band