02/01/2017 09:07

Vítimas de ataque são de vários países, diz ministra

A ministra da Família e Políticas Sociais da Turquia, Fatma Betul Sayan Kaya afirmou que entre as vítimas de um ataque terrorista a uma casa noturna em Istambul, estão pessoas de diversas nacionalidades, incluindo Arábia Saudita, Marrocos, Líbano, Líbia e Israel, além de outros países.

Foto: Ismail Coskun/Ihlas News/Reuters

Foto: Ismail Coskun/Ihlas News/Reuters

A ministra conversou com a imprensa após visitar feridos. O atentado, que aconteceu durante a comemoração de Ano-Novo, deixou 39 mortos e cerca de 70 feridos e, até o momento, nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque.

O governo turco impôs novamente uma proibição sobre a mídia em relação à cobertura do ataque, impossibilitando a divulgação de informações sobre as investigações que não sejam transmitidas pelas autoridades.

Fantasiado de Papai Noel

Segundo relatos iniciais feitos por testemunhas à rede de televisão CNN, o atirador estaria vestido de Papai Noel. A informação, porém, foi desmentida pelo primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim.

O país vive sob estado de emergência após uma tentativa de golpe em 2016.

(Band)