20/04/2017 11:12

Baleia Azul: adolescente que participou do jogo pede ajuda em igreja

Uma adolescente de 15 anos foi internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cascavel com sinais de automutilação no último domingo (16). Segundo a Secretaria de Saúde da cidade, o caso está diretamente ligado ao “Desafio da Baleia Azul”.

Há relatos de que a jovem procurou ajuda de uma igreja para sair do jogo, logo após isso ela deu entrada na unidade. Ela teria usado entorpecentes, ficado sem comer e ainda cortado o braço. A jovem está sendo acompanhada pelas equipes de psicólogos do município.

O jogo é baseado em uma série de 50 desafios, em que um “curador” ordena a outra pessoa tarefas diárias. Há vários grupos em redes sociais em que se pode tentar participar do jogo. Entre as tarefas designadas, está o corte de partes do corpo, subir em locais altos, assistir filmes de terror, e por fim, se matar.

Diante do registro de uma tentativa de suicídio da adolescente, o prefeito Leonaldo Paranhos convocou uma reunião para as 16h30, reunindo equipes das secretarias de Saúde e Educação, além de representantes da Opevel (Ordem dos Pastores Evangélicos de Cascavel) e arcebispo de Cascavel, Dom Mauro Aparecido dos Santos.
O objetivo é adotar medidas preventivas e disparar um alerta geral sobre os perigos envolvendo este desafio lançado pelas redes sociais que já chegou a Cascavel e tem feito vítimas em outras cidades do Paraná, como em Curitiba.
Da redação