28/12/2016 18:17

7 dicas para ficar com a pele da Miss Brasil Raissa Santana

Dermatologista da mulher mais bonita do Brasil ensina como manter a pele saudável no verão

Qual o segredo da pele da Miss Brasil 2016 (Foto: Divulgação/ Band)

Qual o segredo da pele da Miss Brasil 2016? (Foto: Divulgação/ Band)

O verão começou! Estação para juntar as pessoas queridas e curtir uma piscina ou até mesmo combinar dias na praia. Porém, é um momento crucial para aumentar os cuidados com a pele. De acordo com a médica dermatologista da Miss Brasil, Ana Paula Coelho, da Clínica Leger de São Paulo, o aumento da radiação e do calor podem ser prejudiciais neste período. “Além de queimaduras solares, manchas podem ser induzidas nesta época do ano, sendo que algumas delas não têm cura”, disse Ana.

Você viu?
Raissa Santana vence Marina Ruy Barbosa e é eleita Gata do Ano

Mas afinal, é possível ter uma pele saudável e linda no verão? A dermatologista responde que sim e oferece algumas dicas:

Raissa Santana em atendimento com a dermatologista Ana Paula Coelho (Foto: Lucas Ismael)

Raissa Santana em atendimento com a dermatologista Ana Paula Coelho (Foto: Lucas Ismael)

1. Escolha do filtro solar

Peles mais maduras necessitam de filtros que ajudem na hidratação e que contenham antioxidantes na sua composição para prevenção do fotoenvelhecimento cutâneo. Para peles com manchas, melasma ou efélides, optar por filtros solares com fator de proteção acima de 50+, com componente físico ou com cor. Para peles mais jovens e com tendência à acne, utilizar filtros com controle da oleosidade durante o dia. Homens podem optar por filtros com efeito matificante e que não deixam brilho ou resíduo na área da barba.

2. Frequência de reaplicação do filtro solar

Ele deve ser reaplicado a cada três horas no dia a dia. Após cada banho de piscina ou mar deve-se reaplicar o filtro solar também, independentemente se no rótulo do produto falar que o filtro não sai na água.

3. Uso de anti-oxidantes e filtros solares por via oral

Uma opção interessante é o uso de anti-oxidantes e filtros solares por via oral para potencializar a fotoproteção neste período. Algumas substâncias podem ser utilizadas como pycnogenol, pollipodium leucotomos, oliolá, lutéina, dentre outras.

4. Higienização do rosto

No verão é comum a pele ficar mais oleosa. Portanto, uma higienização do rosto duas a três vezes ao dia com sabonetes contendo ácido salicílico, ácido glicólico, gluconato de zinco ou enxofre ajudam a manter a pele mais seca e os poros mais fechados. Alguns tônicos, géis e esfoliantes podem ser opções adjuvantes necessárias em casos mais intensos.

5. Cuidado com o uso de ácidos agressivos

Neste período, não é recomendado usar ácidos muito fortes clareadores, realizar peelings ou lasers muito agressivos, uma vez que esses procedimentos necessitam de uma restrição à exposição solar por no mínimo um mês. Existem alguns clareadores mais leves que são liberados para serem usados no verão e são indicados para casos específicos. Anti-oxidantes tópicos como ácido ferúlico, vitamina C e vitamina E são bem-vindos e podem ser utilizados pela manhã antes do filtro solar ou à noite. Ajudam a manter a integridade cutânea, proteção contra agentes nocivos à pele como poluição, radiação ultravioleta e na prevenção de rugas, manchas e flacidez cutânea.

6. Faça hidratação

Por último a hidratação cutânea deve ser reforçada neste período. Apesar da pele estar menos seca que no inverno, a exposição solar aumentada deixa a pele mais sensível e susceptível a irritações ou descamações. Pode-se optar por hidratantes corporais mais fluidos e hipoalergênicos, e devem ser aplicados no corpo após o banho. Uma opção interessante para quem não tem muita paciência para aplicar periodicamente hidratantes corporais, é o uso de hidratantes para banho, que são usados no chuveiro durante o banho.

7. Consulte um dermatologista

Cabe ressaltar que o mais adequado é uma avaliação do seu dermatologista, que escolherá os melhores cuidados para sua pele neste período.

Ana Ceribelli / Band