30/12/2016 10:16

Riscos de queimaduras aumentam nas festas de fim de ano

As festas de fim de ano acendem um alerta para os riscos de queimaduras. 70% dos casos atendidos no Centro de Tratamentos de Queimados do Hospital Universitário foram de acidentes domésticos e poderiam ter sido evitados.

No Centro de Tratamentos, 40% dos casos atendidos foram causados por líquidos inflamáveis. As ocorrências aumentam com as festas de fim de ano. Churrascos e fogos de artifícios podem ser os grandes vilões da história.

No caso das churrasqueiras, diversos produtos podem substituir o tradicional álcool na hora de assar a carne. Já os fogos de artifício, merecem todo cuidado.

“Nas embalagens já vêm explicado. Eles não podem ser segurados nas mãos. O material deve ser apoiado em um local, aceso longe de pessoas e somente pessoas acima de 18 anos podem manusear”, explica o Tenente Justino do Corpo de Bombeiros.

Em 2016, o Centro de Tratamentos de Queimados do HU recebeu 275 pacientes. Deste total, 215 tinham mais de 12 anos. Em 70% dos acidentes, a causa da queimadura foi acidente doméstico.

Confira os detalhes na reportagem de Larissa Trevisan: